PROFESSOR DA ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL DE VOLTA AOS PRINCÍPIOS

Ser professor da escola Bíblica Dominical não é apenas assumir um cargo, e sim a oportunidade de sermos instrumentos usados por Deus para abençoarmos nossa igreja, mas precisamos estar bem informados e conectados com as sagradas escrituras. Sei que não é algo tão fácil assim requer tempo e dedicação nos estudos. Sabemos que Alguns Professores exercem outras profissões e tem outras formações, entretanto não deixam de ensinar as verdades eternas.
Caro Professor sua caminhada não será de solidão e sim de crescimento e relacionamento com Deus, seus alunos e o professor auxiliar. Vejamos algumas orientações que nos ajudará nesta caminhada.
Tenha a Bíblia como fonte de Inspiração
No Brasil, a primeira Escola Dominical nasceu em Petrópolis, RJ, no dia 19 de agosto de 1855, na casa do médico e missionário escocês Robert Reid Kalley. Neste dia havia cinco crianças presentes, e a esposa, Sarah Kalley, contou a história de Jonas. Observe que a palavra de Deus foi explanada e ensinada. Entendê-la dará a cada aula um significado todo especial, levando a classe a compreender a revelação divina. Nós estamos incumbidos de ensinar essa revelação com todas as suas implicações. Esse proposito reveste de singular importância o papel do professor.
Servos escolhidos para esta grande Missão
Lembro-me dos cincos ideais das mensageiras do rei, mas o “Crescerei em sabedoria pelo estudo da Bíblia e o Aceitarei a responsabilidade da Grande Comissão” me motiva a estudar a palavra de Deus. O servo é alguém que está entre aqueles que ele lidera e não acima deles. O professor tem a visão de crescimento dos seus alunos e visando à edificação do corpo de Cristo. Não se preocupe em alcançar a perfeição e sim interessado em saber se a classe está satisfeita e entendendo. Servo é exemplo, não basta ler as sagradas escrituras, terá que praticá-la. Em 1 Coríntios o apóstolo Paulo disse: “Tornem-se meus imitadores, como eu o sou de Cristo.” Mas será possível ser um imitador de Cristo? Sim! Deus nos fez à Sua imagem e semelhança (Gn 1:26). Podemos imitá-lo porque o Espírito Santo é que nos transforma. Se você está em Cristo, o Espírito Santo que habita em você será capaz de moldá-lo e a cada dia lhe tornara semelhante a Ele.
Planejando Certo
Refletindo sobre a responsabilidade, o professor terá momentos de planejamento algo simples que fará toda a diferença na sala de aula. Momento de oração é essencial, talvez durante a semana, nos encontros de oração, nos estudos Bíblicos ou nos pequenos grupos multiplicadores. Se em sua igreja á mais professores em sua classe, poderá combinar para planejarem juntos. A dispersão do ensino é a pior coisa para a qualidade do mesmo. É necessário organizar o programa (currículo) a ser ensinado. Antes do início de cada trimestre, os professores e o coordenador da EBD devem se reunir e definir o planejamento de aulas e atividades. Por exemplo: Em algumas igrejas, todo o início de cada trimestre há uma reunião de planejamento e uma aula de exposição dos temas abordados no trimestre.
Prática Cristã e o nosso Compromisso
Os ensinos bíblicos são práticos, não é apenas ler a bíblia ou folheá-la no momento da lição. É buscar a santidade e a obediência como verdadeiros cristãos. Muitas vezes as escolas Bíblicas das nossas igrejas se predem primeiro a simples transmissão de fatos a respeito das escrituras, sem preocupar-se com a aplicação das verdades bíblicas a vida dos alunos no mundo de hoje. Tal ensino não é mais do que o ensino de história ou de literatura, é levar a educação Cristã, deixar que os alunos fiquem com vontade de pesquisar, a estudar a Bíblia, ter uma experiência com Deus que transforme suas vidas.
Segundo a nossa querida escritora Nancy Dusilek , descreve que o líder deve ter três níveis de prioridade: O primeiro é sua entrega total a Jesus, resultado de um encontro pessoal com o salvador. O segundo nível é a entrega do líder ao corpo de Cristo, isto é, somos parte do corpo de cristo. Precisamos ajudar-nos uns aos outros. Quando o líder perde a visão de ajuda aos seus liderados no sentido de fazê-los crescer como pessoas inteiras e equilibradas todo seu esforço será vão. E o terceiro é ter a consciência de que Deus o quer nessa função.
A Missão será cumprida.
Deus deu dons espirituais para edificar a sua igreja. Paulo instruiu a igreja em Corinto a procurar edificar e construir a igreja de Cristo, dizendo-lhes já que “desejavam” ter dons espirituais, que deviam procurar “progredir, para a edificação da igreja” (1 Co 14:12 ). Um dom espiritual (charismata em grego) I Co12-14 Paulo chama as habilidades divinamente concedidas para servir, dada por Deus, para realizar um ministério para a edificação do corpo de Cristo. Um desses dons é o ensino. A palavra grega para “ensinar” é didaskalos, que significa “instruir.” Por toda a Bíblia podemos ver exemplos de ensino. O próprio Jesus era o Grande Mestre, e Ele ordenou os seus discípulos: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado” (Mt 28:19-20). Jesus ordenou os seus discípulos a ensinar os novos discípulos tudo o que Ele havia ordenado, instruindo-os tanto na doutrina quanto na vida santa. Os ministros de Cristo não devem ensinar os mandamentos de homens ou qualquer coisa que não fosse divinamente concebida, mas somente o que é ordenado por Cristo.
Desafio aceito
Em 2007 durante três noites nos dias: 06 à 08 de novembro A Rede Bandeirantes de Televisão transmitiu para todo o Brasil o grande evento – Minha Esperança Brasil, em parceria com a Associação Evangelística Billy Graham (AEBG) na primeira noite foi o Pr. Billy Graham e na segunda, pelo seu filho Franklin Graham. Na terceira noite foi exibido um filme evangelístico de 90 minutos produzido pela AEBG. Nossa função foi de convidar nossos vizinhos, parentes e amigos. Varias famílias começaram a frequentar a EBD para aprender mais da palavra de Deus. Hoje temos a esperança para o Brasil, somos um povo que ama estudar a Bíblia, gostamos de visitar uns aos outros e desde pequena ouso algo que me empolga, O povo Batista tem a melhor Escola Bíblica Dominical, então vamos nos empenhar para sermos bons professores da Escola Bíblica Dominical, estamos juntos com o compromisso de levar esta palavra que liberta.

Referências
Dusilek, Nancy Gonçalves. Liderança Cristã a arte de crescer com as pessoas. 3 edição 1990.
Smith, Cathryn. Manual da escola bíblica dominical. 3 edição 1979.
Bíblia Sagrada, Revista e Atualizada na nova ortografia.

Sobre o Autor
Marta Ferreira Sarah
Pedagoga e Educadora Cristã
Formada Pelo Seminário de Educação Crista 
Habilitada em Ministério Social Cristão

Compartilhe
Fechar Menu